PAGAMENTO IPTU

Aplicativos do Android terão 'tabela nutricional' de dados coletados a partir do ano que vem

Apps hospedados na Play Store, loja oficial do sistema, precisarão detalhar quais informações são obtidas. Iniciativa é similar a que a Apple adotou. Ícone do...

Por Jota Silva em 06/05/2021 às 15:12:53
Apps hospedados na Play Store, loja oficial do sistema, precisarão detalhar quais informações são obtidas. Iniciativa é similar a que a Apple adotou. Ícone do Google.

Patrick Semansky/AP

O Google anunciou nesta quinta-feira (6) que até o final de 2022, todos os aplicativos hospedados na Play Store, loja oficial do Android, vão precisar detalhar quais dados coletam dos usuários.

A iniciativa é parecida com a "tabela nutricional" que a Apple introduziu com o iOS 14.

A novidade permitirá visualizar em um só lugar o conjunto de dados que um aplicativo pode coletar para realizar o rastreio do usuário.

As pessoas vão poder ser quais informações os apps têm acesso como localização, contatos ou dados pessoais como endereço de e-mail.

O Google disse que seus próprios aplicativos vão mostrar essas informações, que poderão aparecer para os usuários a partir do 1º trimestre de 2022 – até o 4º trimestre, todos os aplicativos precisarão adotar a nova política.

A Apple foi alvo de críticas dos criadores de aplicativos ao liberar o novo recurso – segundo eles, a companhia não ofereceu contexto o suficiente para explicar a coleta dos dados.

'Tabela nutricional' de dados coletados em dispositivos da Apple.

Divulgação/Apple

O Google, por outro lado, disse que vai permitir que os desenvolvedores detalhem as finalidades do uso de dados e como eles afetam as funcionalidades do aplicativo.

A companhia afirmou que vai informar os usuários quando as informações forem criptografadas e se as pessoas podem escolher não compartilhar os dados.

Ainda não foi demonstrado uma tela de exemplo sobre como a "tabela nutricional" vai aparecer nos celulares Android.

Fonte: G1

Comunicar erro

Comentários